Informação aos parceiros

Aos parceiros do Conselho Local de Ação Social de Gondomar

No seguimento de reunião plenária do Conselho Local de Ação Social de Gondomar de 16 de março de 2015, no Auditório da Biblioteca Municipal de Gondomar, disponibilizam-se, abaixo, as apresentações realizadas sobre os instrumentos de diagnóstico e planeamento elencados para o Município de Gondomar:

Diagnóstico Social do Município de Gondomar
Plano de Desenvolvimento Social do Município de Gondomar 2015-2020

Escolhas 6.ª Geração

O Escolhas é um programa governamental de âmbito nacional, criado em 2001, promovido pela Presidência do Conselho de Ministros e integrado no Alto Comissariado para as Migrações – ACM, IP, cuja missão é promover a inclusão social de crianças e jovens de contextos socioeconómicos vulneráveis, visando a igualdade de oportunidades e o reforço da coesão social.
Atualmente na sua 6ª geração, a qual decorrerá até 31 de dezembro de 2018, o Programa Escolhas (PE) irá financiar 90 projetos, 88 em território nacional e duas experiências internacionais, no Luxemburgo e Reino Unido, os quais poderão ser renovados anualmente até final de 2018. Paralelamente o Regulamento do Programa prevê que possam ser financiados novos projetos para os anos de 2017 e 2018, estimando-se que o número de projetos financiados possa chegar a 130 no final do ano de 2018.
Estima-se que os 90 projetos irão envolver no total dos três anos, cerca de 75.000 participantes, sendo que 22 situam-se na zona norte, 12 no Centro, 40 em Lisboa, 4 no Algarve, 7 no Alentejo, 3 projetos nas Regiões Autónomas e 2 projetos no território europeu, um no Luxemburgo e outro no Reino Unido.
Ao todo espalham-se por 54 concelhos do território nacional, mobilizando mais de 840 entidades parceiras entre municípios, juntas de freguesia, agrupamentos de escolas, comissões de proteção de crianças e jovens em risco, o Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP), associações de imigrantes, e instituições particulares de solidariedade social, entre outros.
Pretendendo-se cada vez mais apostar numa intervenção focalizada, uma outra alteração remete para o facto dos projetos apenas apresentarem propostas de intervenção em três medidas/áreas especificas, de forma a que o plano de ação a concretizar e a dinamizar possa ser o mais ajustado às necessidades e especificidades das comunidades locais. Será, igualmente de destacar o alargamento da faixa etária até aos 30 anos, possibilitando assim uma intervenção mais consistente em matéria de emprego e empregabilidade.
O Programa Escolhas é financiado pela Direção Geral de Educação e pelo Instituto da Segurança Social e conta com o co-financiamento do Fundo Social Europeu/Portugal 2020 e Programas Operacionais Regionais de Lisboa e Algarve.
A Resolução do Conselho de Ministros nº 101/2015 renova o Programa Escolhas para o período de 2016 a 2018 e o Despacho Normativo nº19 - A/2015, publicado em Diário da República, 2ª Série nº 199, de 12 de Outubro de 2015, enquadra o Regulamento do Programa Escolhas.

A Escolha é Tua

dinamizado pela Junta de Freguesia de Rio Tinto/ Centro Social de Soutelo, intervêm na Freguesia de Rio Tinto com particular incidência nos conjuntos habitacionais das Areias, Ponte, N.ª Sr.ª dos Aflitos, Padre Vidinha e Triana, com crianças e Jovens dos 6 aos 18 anos de idade.

Objetivo Geral: Promover a valorização dos percursos escolares e formativos e o desenvolvimento sociocomunitário integrado das comunidades locais de Rio Tinto, através de dinâmicas preventivas de combate aos ciclos de pobreza e exclusão social.

Duração do Projeto: 01 de janeiro de 2016 a 31 de dezembro de 2018

Medidas:
I - Área estratégica de Educação e Formação;
III - Área estratégica de Participação, direitos e deveres cívicos e comunitários;
IV - Área estratégica de Inclusão Digital.

P@ssport'IN - E6G

dinamizado pela Santa Casa da Misericórdia de Gondomar intervém na União das Freguesias de Gondomar (S. Cosme), Valbom e Jovim – Conjunto Habitacional do Monte Crasto e Conjunto Habitacional do Monte, com crianças e jovens dos 6 aos 30 anos de idade.

Objetivo Geral: Potenciar a Inclusão Social, através de uma intervenção promotora do sucesso escolar e socioprofissional de crianças e jovens, provenientes de contextos socioeconómicos mais vulneráveis, residentes nos Conjuntos Habitacionais de Monte Crasto e do Monte.

Duração do Projeto: 01 de janeiro de 2016 a 31 de dezembro de 2018

Medidas:
I - Área estratégica de Educação e Formação
II - Área estratégica de Empregabilidade e Emprego
IV - Área estratégica de Inclusão Digital

Programa de Respostas Integradas

Entende-se por Programa de Respostas Integradas (PRI) uma intervenção que integra abordagens e respostas interdisciplinares, de acordo com alguns ou todos os eixos (prevenção, dissuasão, tratamento, redução de riscos e minimização de danos e reinserção) e que decorre dos resultados do diagnóstico de um território identificado como prioritário.

PRI “Crescer” - Eixo da Prevenção

dinamizado pela Associação Social Recreativa Cultural Bem Fazer, com maior incidência na União das Freguesias de Fânzeres e S. Pedro da Cova; Em funcionamento até 31/12/2017.

Contactos
Associação S. R.C. B.F. Vai Avante
Rua Manuel Alves Vieira, n.º 19
4510-318 S. Pedro da Cova
Tel.: 22 483 44 38 - Fax. 22 464 73 73
E-mail: pricrescer@gmail.com

PRI "Projeta-te" - Eixo da Reinserção
dinamizado pelo Centro Social de Soutelo, com incidência na freguesia de Rio Tinto, Baguim do Monte, Fânzeres, S. Pedro da Cova e Melres; Em funcionamento até 31/12/2017.

Contactos
Centro Social de Soutelo
"Projeta-te" – Reinserção
Sede do Projeto - Urbanização de Soutelo, 64
4435-454 Rio Tinto
Tlf : 224 809 183 Tlm: 93 58 65 597
E-mail: reinsercao.css@hotmail.com

Equipa de Rua

dinamizado pelo Centro Social de Soutelo, com incidência nos territórios de Baguim do Monte, Rio Tinto, União das Freguesias de Fânzeres e S. Pedro da Cova - território de S. Pedro da Cova e União de Freguesias de Gondomar (S. Cosme), Valbom e Jovim - território de Valbom; Em funcionamento até 31/12/2016.

Contactos
Centro Social de Soutelo
Tlm 93 5865597
E-mail: equipaderua.css@hotmail.com

 

Informações Relevantes

Refeitórios e Cantinas Sociais no Município de Gondomar

O Programa de Emergência Alimentar, criado no âmbito do Programa de Emergência Social e operacionalizado através da constituição de Cantinas Sociais em todo o território nacional, propõe-se a disponibilizar refeições diárias gratuitas (7 dias por semana), preferencialmente para consumo no domicílio, devidamente embaladas e acondicionadas, às pessoas e/ou famílias que mais necessitem.

No Município de Gondomar foram protocoladas, na primeira fase da medida, duas Cantinas Sociais - Associação do Porto de Paralisia Cerebral - Villa Urbana de Valbom e o Centro Social da Paróquia de Rio Tinto; na segunda fase desta medida, foi ainda convidada a protocolar a terceira Cantina Social para o concelho, o Centro Social Paroquial S. João da Foz do Sousa.

Importa realçar que, no seguimento do trabalho desenvolvido pelo Núcleo Executivo do CLAS’G e diversas entidades parceiras, respeitando os pressupostos elencados pelo Instituto da Segurança Social, IP, se constituíram princípios que norteiam sinalizações, encaminhamentos e operacionalização destas estruturas, com o intuito de se tornar estas respostas mais próximas, eficazes e eficientes das pessoas/famílias que delas necessitem.

Cantinas Sociais - Guia de Procedimentos
Associação do Porto de Paralisia Cerebral - Villa Urbana de Valbom - Regulamento Interno
Associação do Porto de Paralisia Cerebral - Villa urbana de Valbom - Ficha de Encaminhamento
Centro Social da Paróquia de Rio Tinto - Regulamento Interno
Centro Social da Paróquia de Rio Tinto - Ficha de Encaminhamento
Centro Social Paroquial S. João da Foz do Sousa - Regulamento Interno
Centro Social Paroquial S. João da Foz do Sousa - Ficha de Encaminhamento

 

GEPE – Grupo de Entreajuda para a Procura de Emprego em funcionamento no Município de Gondomar

O GEPE é um projeto experimental e inovador para apoio a desempregados, em particular os que sofrem um maior impacto psicológico do desemprego quer pela sua duração, pela situação inesperada ou pela vulnerabilidade em que se encontram.
Através da dinâmica de entreajuda em grupo, procura-se ultrapassar a desmotivação, o isolamento e a tendência depressiva a que o desemprego quase sempre conduz. Com o apoio de um facilitador, o grupo focar-se-á na procura activa de emprego para os seus membros, tendo cada um deles a função de apoiar os restantes nessa missão.

São objetivos dos GEPE:

  • Apoiar desempregados no seu processo de reintegração laboral, através da dinâmica de grupos de entreajuda.
  • Criar um modelo e uma metodologia simples, de baixo custo e elevada eficácia, para a restauração psicológica e anímica de desempregados tendo em vista o sucesso na procura de um novo emprego.
  • Envolver recursos não financeiros disponíveis na comunidade, para apoio aos desempregados.

Para mais informações contactar:
GEPE da União das Freguesias de Gondomar (S. Cosme), Valbom e Jovim
Junta de Freguesia de Gondomar (S. Cosme)
Rua da igreja | 4420-164 Gondomar
Tel: 224 833 552 | E-mail: gepe.gondomar@gmail.com

GEPE de Rio Tinto
Centro Social de Soutelo
Rua de Macau, 100 | 4435-313 Rio Tinto
Tel.: 224 809 183

GEPE da União das Freguesias de Fânzeres e S. Pedro da Cova
Junta de Freguesia de Fânzeres
Rua de S. Tiago | 4510-670 Fânzeres
Tel.: 224 853 480

 

Consulta de Jovens

A Consulta de Jovens é uma resposta de prevenção seletiva e indicada onde se pretende, através do diagnóstico e intervenção precoces, em registo de consulta de psicologia individual, confidencial e gratuita, evitar e/ou reduzir a duração e a frequência dos consumos e/ou dos comportamentos de risco prevenindo a progressão para um quadro de dependência e/ou patologias associadas.

Dirigida a Jovens entre os 12 e os 30 anos que apresentam risco acrescido relativamente às dependências e comportamentos aditivos, e às respetivas figuras significativas (familiares, namorado(a)s, amigos, professores), as consultas e o atendimento a jovens, funcionam quer nas instalações próprias do CRI Porto Oriental, quer em locais cedidos e partilhados com outras instituições de intervenção na comunidade, numa lógica de proximidade às populações, de modo a garantir e promover a acessibilidade das respostas.

Os procedimentos mais comuns de sinalização e referenciação para as consultas são efetuados através de professores e outros técnicos, de familiares, de mecanismos sistemáticos de referenciação nos casos de violência (p.ex.: CPCJ) e consumo de substâncias (p.ex.: CDT) e recurso por iniciativa própria.

Os critérios de referenciação/admissão para as consultas, são consonantes com os fatores de risco identificados que, genericamente, incluem crianças ou jovens infratores, desinseridos do sistema escolar ou em risco de abandono, com consumos abusivos de spa, provenientes de famílias de risco ou em situação de exclusão social e/ou, que evidenciem sinais ou sintomas de depressão, ansiedade, comportamento disruptivo e/ou agressivo.

A prevenção indicada dirige-se a indivíduos que evidenciem sinais e sintomas precoces ligados às dependências e comportamentos aditivos, mas não apresentem diagnóstico de dependência. Esses sinais ou sintomas podem estar diretamente relacionados com o consumo de substâncias (p.ex.: consumo de álcool e ou de cannabis) ou constituir variáveis mediadoras para com as dependências e os comportamentos aditivos (p.ex.: insucesso escolar).

Equipa de Tratamento de Gondomar
Rua Caminho de Pevidal, r/c- s/n | 4420-264 Gondomar
Tel.: 220 045 030 | Fax.: 224 639 391
E-mail: cri.portooriental@idt.min-saude.pt

Horário de funcionamento da consulta: 5ª feira: 15h – 18.30h

A Consulta de Jovens encontra-se ainda disponível em:

Consulta Descentralizada de Valongo
Centro Saúde Ermesinde (Gandra)
Travessa Dr. Egas Moniz, s/n.º | 4445-401 Ermesinde
Tel.: 229 735 790 | E-mail: cri.portooriental@idt.min-saude.pt
Horário de funcionamento da consulta: 2ª feira: 14h – 17.00h

Espaço Cuida-te - Gabinete de Saúde IPDJ - ARS Norte
Instituto Português do Desporto e da Juventude Porto
Rua Rodrigues Lobo, 98 | 4150-638 Porto
Tel.: 226 085 700 | Fax: 22 608 57 99
E-mail : ipj.porto@ipj.pt
Horário de funcionamento da consulta: 2ª feira: 15h – 19h | 3ª feira: 9h - 13.30h | 5ª feira: 9h – 13h e 14.30h – 19.30h | 6ª feira: 9h – 12h e 13h – 18h

Hoje
Hoje
Mín C
Máx C
Amanhã
Amanhã
Mín C
Máx C
Depois
Depois
Mín C
Máx C