Gastronomia

Fortemente marcada pela presença do rio Douro, a gastronomia de Gondomar está intimamente ligada às tradições piscatórias que, desde sempre, se desenvolveram no município.

O sável e a lampreia são espécies indissociáveis das ementas dos restaurantes do Concelho durante o período compreendido entre janeiro e abril. Dessa forma a "Lampreia à Bordalesa", o "Arroz de Lampreia", o "Sável no Espeto" e a "Açorda de Milharas" são as que mais se destacam.

Mas falar da Gastronomia Gondomarense é, também falar da herança agrícola dos tempos em que os seus habitantes, aproveitando o solo fertilíssimo, valorizavam os produtos vindos da terra, com especial destaque para o nabo.

E se, então, o caldo de nabos era o alimento natural que fortalecia os trabalhadores nos longos e árduos dias de trabalho nos campos, hoje é presença obrigatória à mesa dos Gondomarenses, em particular durante as Festas em Honra de Nossa Senhora do Rosário (setembro/outubro).

Veículo privilegiado de transmissão cultural, a gastronomia afirma-se, cada vez mais, como um segmento do setor de turismo com elevada capacidade de dinamização económica e promoção das regiões pelo que a Divisão de Turismo, não deixa, ano após ano, de promover a emblemática “Festa do Sável e da Lampreia” e o Festival Gastronómico “Hoje há Caldo de Nabos”, que representam verdadeiros “cartazes turísticos” da Região.

Hoje
Hoje
Mín C
Máx C
Amanhã
Amanhã
Mín C
Máx C
Depois
Depois
Mín C
Máx C